Como fazer a manutenção preventiva no seu imóvel

Como fazer a manutenção preventiva no seu imóvel

A manutenção preventiva na casa ou no apartamento são essenciais para quem deseja ficar longe de obras não planejadas. Além disso, viver em um ambiente limpo e com sua estrutura bem preservada nos traz uma sensação de bem-estar.

Quando o morador se preocupa com manutenções periódicas, ele estará evitando uma série de incômodos, como vazamentos, entupimentos e problemas elétricos. Com uma estrutura limpa e funcional, o imóvel estará sempre íntegro e pronto para morar.

Quer saber como essa manutenção preventiva pode ser inserida no seu dia a dia? Confira agora sete dicas valiosas para você colocar em prática e deixar o seu lar agradável, sem complicações ou imprevistos desagradáveis.

1: Instalações elétricas

Os cuidados básicos com as instalações elétricas evita grandes problemas, como a queima de eletrodomésticos, por exemplo. Para evitar, um dos principais pontos de atenção é verificar a voltagem do aparelho e da tomada antes de fazer a conexão. Além disso, vale tirar aparelhos da tomada quando houver chuva forte, ser cuidadoso com a quantidade de benjamins e réguas para não sobrecarregar uma mesma tomada e nunca deixar a fiação entrar em contato com água.

2: Limpeza do piso

A limpeza periódica do piso, com o produto certo, evita sua deterioração antecipada. O piso de madeira nunca deve ser lavado com água corrente ou pano molhado, porque o contato com a água é um dos maiores responsáveis pelo empenamento de pisos. Além disso, evite que o piso esteja exposto à insolação direta.

3: Cubas de aço inoxidável

Elas são práticas, mas merecem cuidados na hora da manutenção. Evite o uso de materiais abrasivos, como palhas de aço – que riscam o material e retiram seu brilho. Para dar um ar de cuba recém-instalada, passe um pano com álcool após a lavagem, que seu brilho será mais intenso.

4: Forros de gesso

Muito presente, principalmente em apartamentos, os forros de gesso não são feitos para suportar peso nem entrar em contato com a água. Em caso de instalação em ambientes com umidade, como no banheiro, o ideal é optar pelas placas de gesso específicas para esse tipo de local.

5: Previna-se contra os mofos

Um grande vilão da estética e da saúde, o mofo provoca mau cheiro e pode até causar doenças respiratórias. Para evitá-los, basta tomar algumas atitudes simples, como manter os móveis afastados da parede, manter a casa bem ventilada e com incidência da luz do sol.

6: Pintura

A pintura do imóvel deve ser renovada a cada cinco anos, para retirar a sujeira e lascas que podem surgir com o tempo. Para aumentar a durabilidade da pintura, prefira as tintas látex e acrílica, que possuem maior resistência à sujeira e são mais fáceis de limpar.

7: Cuidados com rejuntes

A manutenção do rejunte evita problemas com infiltração e deve ser feita a cada seis meses. Esse controle deve ser feito principalmente na área do chuveiro, pois a água quente com sabão ataca o material.

Crie uma rotina de manutenção no seu imóvel e o mantenha sempre em boas condições. Se você deseja comprar ou vender uma casa ou apartamento, conte com a Mendes Ortega. Aqui, você encontra as melhores ofertas da região – tudo de forma simples e prática. Faça agora uma busca e veja como é fácil encontrar o imóvel ideal!

Nenhum Comentário

Deixe um comentário

Procurando um imóvel? Fale conosco!